Gás de efeito estufa

Responsabilidade

As mudanças climáticas são uma ameaça real à sociedade, que deve ser tratada a fim de se evitar as consequências previstas. A RB tem como compromisso fazer mais com menos, reduzir continuamente suas emissões e, ao mesmo tempo, produzir mais e ampliar os negócios. Por meio da implementação de processos de produção energeticamente eficientes, da compra de energia de fontes renováveis e da implementação de tecnologias renováveis em nossas instalações, continuaremos a reduzir nossas emissões em nosso processo de fabricação.

Desde 2012:

1% de aumento na pegada de carbono^

16% de redução de energia*

14% de redução nas emissões de carbono*

Produtos

Nossa meta para 2020: 1/3 a menos de pegada de carbono por dose de produto.

A determinação do total de nossa pegada de carbono implica em um cálculo robusto e abrangente das emissões de GEE (Gases de Efeito Estufa) por todo o ciclo de vida de nossos produtos – desde o fornecimento de matérias-primas à maneira como são fabricados, utilizados e descartados. Como agora somos capazes de medir os impactos de todos os nossos novos produtos usando nosso aplicativo Inovações Sustentáveis, conseguimos mudar a maneira como medimos nossa pegada de carbono total, desde uma abordagem empresarial até o produto final, o que nos permite entender melhor o impacto que nossos produtos estão tendo globalmente. Essa mudança nos levou a atualizar nossa linha de base de 2012 para corresponder a nossa nova metodologia. Veja abaixo a pegada de carbono dividida em estágios do ciclo de vida (dados de 2015):

Estamos trabalhando para reduzir as emissões de carbono, especialmente onde temos o maior impacto: uso pelo consumidor, matérias-primas e materiais de embalagem. Avaliamos a pegada de carbono de cada produto nessas áreas.

Fabricação

Nossa meta para 2020:

35% de redução de energia*

40% de redução nas emissões de carbono*

Desde 2012:

16% de redução de energia*

14% de redução nas emissões de carbono*

Desde 2012, fizemos um enorme progresso na melhoria da eficiência energética e na redução da pegada de carbono em nossas fábricas. Algumas das iniciativas realizadas incluem: 

  • A instalação de um sistema de painéis fotovoltaicos no telhado de nossa unidade de Belle Mead em Nova Jersey, nos EUA. O sistema de 2,5 megawatts fornece eletricidade para complementar as necessidades diárias das instalações. Isso eliminará 1.500 toneladas de emissões de CO2 por ano.
  • Seis de nossas fábricas são certificadas com o ISO 50001, reconhecendo os sistemas de gestão energética que cada localidade implementou para monitorar e melhorar sua eficiência energética.
  • Uma redução de 16% em emissões de gases de efeito estufa em nossa unidade de Nowy Dwor, na Polônia, por meio da utilização cogeração pela recuperação de calor, da instalação de iluminação LED e da conversão do sistema de aquecimento elétrico para um sistema a base de vapor. 
  • Uma economia de 1.000 toneladas de CO2 em nossa unidade em St. Peters, nos EUA, com uma economia anual de £300.000, por meio da mudança do transporte do material a granel recebido de rodoviário para ferroviário. Isso também levou a uma redução de 30% no tráfego no parque de tanques.

Em parceria com a E.ON, substituímos a usina de cogeração existente de 7,5 MW e instalamos uma usina eficiente de cogeração a gás de 1,5 MW em nossa fábrica em Mira, na Itália. Isso gera 13GWh de eletricidade e 12GWh de calor anualmente para uso em processos de produção, resultando em uma economia anual de 30% de energia e 4.300 toneladas de carbono, respectivamente.

Pelo sétimo ano consecutivo, fomos identificados como líderes no Carbon Disclosure Project de 2015, o projeto de divulgação de carbono, e listados no CDP FTSE 350 Carbon Disclosure Leadership Index (CDLI), o índice de lideranças em divulgação de carbono. Alcançamos uma nota de divulgação de 99 e uma avaliação de desempenho de A-.

Trees for Change (Árvores para a Mudança)

O programa Trees for Change (Árvores para a Mudança) da RB foi lançado em 2006, pois acreditamos que é importante mitigar ativamente o impacto de nossa empresa sobre as mudanças climáticas. Plantando árvores, ajudamos a remover da atmosfera parte do dióxido de carbono que, caso contrário, estaria contribuindo para o aquecimento global. 

Nossa meta é plantar um número suficiente de árvores para absorver a mesma quantidade de dióxido de carbono que será gerada por nossas operações de fabricação de 2006 a 2017, neutralizando essas emissões. Esse programa complementa nossa meta ambiciosa de reduzir em 1/3 nossa pegada de carbono total.

Gerenciamos esse programa internamente em vez de usar uma empresa de compensação de carbono externa, o que significa que somos responsáveis por nos certificar de que um número suficiente de árvores sobreviva e cresça e por substituir aquelas que não sobreviverem. 

Desde 2006, temos plantado e cuidado de mais de 8 milhões de árvores nativas. Em 2015, plantamos 1.303.000 árvores e expandimos nossos terrenos totais para o programa para mais de 121 km².

Sempre nos esforçamos parar sermos bons vizinhos. Entendemos que as prioridades do uso da terra estão mudando na província da Colúmbia Britânica. Por isso, em 2015, suspendemos o programa para a realização de uma avaliação completa. Como parte dessa avaliação, consultamos as partes interessadas locais para compreender como o programa Trees for Change (Árvores para a Mudança) da RB pode continuar realizando uma contribuição positiva para a comunidade local.

Nossa metodologia para a avaliação do carbono absorvido pelas árvores plantadas por meio do programa está alinhada com a Diretriz de boas práticas para o uso da terra, a mudança do uso da terra e projetos florestais do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas, que é garantida de maneira independente:

Critérios de comunicação de informações sobre o programa Trees for Change (Árvores para a Mudança)

Plantação de manguezal na Tailândia

Em outubro de 2013, nosso diretor de fabricação de suprimentos na Tailândia levou 30 funcionários da fábrica de preservativos de Bangpakong até as águas lamacentas do Centro de Educação sobre a Natureza de Bangpu. Eles plantaram 1.000 mudas de mangue, que protegerão o litoral e absorverão cerca de 30 toneladas de CO² por ano. 

*=por unidade de produção

^=por dose